3.11.10

Jô na estrada, o livro que eu e o parceiro David Coimbra lançamos hoje na Feira do Livro de Porto Alegre!!!



Texto do David Coimbra sobre o livro que lançamos hoje 03/11, na Feira do Livro de Porto Alegre às 18h30min.
Publiquei essa história no meu blog em forma de folhetim. Os leitores responderam em massa, alguns escandalizados, outros encantados. Gostei da reação e, tempos depois, escrevi a continuação da história: A Volta de Jô. Mais uma vez, os leitores se manifestaram com febril intensidade. Deixei passar um tempo e fiz sair o terceiro folhetim: Jô em Casa.

O livro, porém, não é a união dos três folhetins. Quer dizer: é, mas não é. Porque, baseado nos comentários dos leitores, mudei partes da história, sobretudo o final. Logo, os leitores também são culpados pelo livro.

Mas há outros responsáveis. Um deles, o editor, Ivan Pinheiro Machado, que deu a ideia de apresentar a história da Jô em duas linguagens: texto e quadrinhos. Assim, eu começo contando, passo para o genial Gilmar Fraga, que narra a história em quadrinhos, depois ele devolve para mim, que repasso para ele, e assim por diante, até o fim.

Nessa atividade, o Fraga se empolgou e retratou cenas com, digamos, muito ardor. E é fundamentalmente por isso que o livro se torna sacana. As ilustrações do Fraga incendiaram uma história que já era quente.

Então, a Jô se tornou uma sacana. É por isso que, na contracapa, o Ivan mandou imprimir uma advertência: “Leitura não recomendada para menores de 18 anos”. Foi a realização de um sonho: sempre quis escrever uma história proibida. Mas Jô não é uma pecadora, Jô não é uma devassa. Ao contrário, é uma pura. Talvez você leia a história e acabe concluindo que não, que ela é pecadora, sim. Mas aí a culpa não é dela. Nem minha. É sua. Seu sacana.

2 comentários:

Carol Gurgacz disse...

Olá Fraga.
Estive hoje na oficina assistindo o seu trabalho. Fiquei encantada com tanta criatividade... Nossa, muito bom mesmo...
Parabéns pelo lindo trabalho e que tu tenha muito sucesso sempre na vida! Espero trocar umas figurinha contigo...
Bjão!
(Sou a que te disse que Edita uma Revista rs...)

J.BOSCO disse...

linda capa, meu brother Fraga.
abraços